O que acontece com a descarga elétrica quando atinge um para-raio?


 

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Brasil é o país que mais tem registros de raios no mundo, sendo cerca de 70 milhões de raios por ano e dois ou três raios por segundo. Isso acontece porque os raios são mais comuns em regiões tropicais, e como o Brasil é um dos maiores países tropicais, é normal que isso aconteça.

 

O que são os raios?

Os raios são descargas elétricas visíveis de grande intensidade, acontecendo principalmente durante chuvas e tempestades. Eles acontecem quando a diferença entre as nuvens e a terra é capaz de ionizar o ar, fazendo com que os átomos do ar percam elétrons, formando assim as descargas elétricas. Pode acontecer também no interior das nuvens ou entre uma nuvem e outra.

 

Estas descargas elétricas são extremamente perigosas, pois além de poderem queimar e estragar equipamentos elétricos, como geladeiras, televisores, computadores e outros eletrodomésticos, são capazes de causar a morte de pessoas ou animais, pela sua grande intensidade. 

Por esse motivo, é indicado que façam o uso dos para-raios, uma ferramenta que foi inventada no ano de 1752, por Benjamin Franklin, num dia de chuva. Nesse dia, ele descobriu através de uma pipa que contia uma fita de cetim e uma chave de metal em sua ponta, que o raio seria atraído pelo metal, por ter formado uma faísca quando o raio a atingiu.

 

O que é um para-raio?

O para-raio é uma ferramenta que consiste em uma haste metálica pontiaguda que atraem o raio para si por conterem pontas metálicas finas que concentram grandes cargas elétricas, se conectando ao solo através de cabos condutores, como cabos de cobre ou de alumínio, servindo como um caminho para a passagem elétrica, atraindo o raio e o enviando por meio dos cabos até o solo, não causando assim nenhum dano a construção que ele está inserido. Ele costuma ser mais utilizado em edifícios corporativos, mas também é indicado para os domiciliares. 

 

Ele não foi inventado para evitar o raio, pois ele é um fenômeno impossível de evitar, mas sim para desvia-lo para outros locais, tendo como função proteger casas e empresas de sofrerem com os raios, evitando assim a perca de equipamentos. Por ser de metal, ele aumenta a chance de raios, precisando assim, que ele seja posicionado em um local seguro e bem alto, verificando também se ele está bem montado, evitando assim maiores acidentes.

 

Entre em contato com a Help e saiba tudo sobre segurança contra raios. 

 

Veja também:
Bombas D'Água em Ribeirão Preto
A importância da manutenção preventiva
Automação de controle de processos industriais